5 tendências de RH que toda empresa precisa conhecer

Você acompanha as tendências de RH? De uma maneira geral, elas reúnem os principais aprendizados e pontos de destaque dos anos interiores para direcionar as estratégias do setor ao sucesso da organização e satisfação dos colaboradores.

Por exemplo, a pandemia ocasionada pelo novo vírus acelerou o trabalho à distância em muitas empresas que, hoje, vão adotar o modelo como principal método de trabalho.

Isso porque muitos colaboradores viram no modelo home office a oportunidade para trabalhar com mais eficácia, sem a necessidade de perder horas de locomoção.

Por isso, conhecer as principais tendências do setor é uma grande vantagem para as organizações saírem na frente e conquistar os melhores resultados.

Confira nossa lista com as 5 tendências do RH para os próximos meses!

5 tendências de RH que transformarão as empresas do futuro

Modelo de trabalho híbrido

De imediato, o período de distanciamento social foi marcado pela transição de muitas empresas para o modelo home office.

Apesar de muitos diretores e CEOs acreditarem que o trabalho a distância iria prejudicar a produtividade das equipes, o resultado mostrou o contrário.

Segundo um levantamento feito pela Owl Labs em 2019, 71% dos respondentes afirmaram que estão felizes com seus empregos.

Ao mesmo tempo, o percentual caiu para aproximadamente 50% entre quem não faz home office em nenhum momento.

Outro dado importante apontado na pesquisa é que quem trabalha em casa também dedica mais horas por dia às suas funções do que quem frequenta um escritório.

Por isso, com o avanço da vacinação no mundo todo, as organizações estão apostando no modelo híbrido como uma das tendências do RH para aumentar a satisfação das equipes e equilibrar a vida pessoal com a profissional.

Engajamento e satisfação das equipe

Após mais de um ano de distanciamento social, não é segredo que o RH tem um papel ainda mais humano ao entrar em contato com novas emoções e comportamentos dos colaboradores.

Em outras palavras, coloca as pessoas em destaque e atualiza constantemente seus processos a fim de valorizar e desenvolver seus talentos.

Só para exemplificar, vamos trazer a fala de Jordana Albuquerque, diretora de gente e gestão da HM Engenharia, na sua participação em nosso webinar sobre as tendências em RH e futuro das empresas:

“Nesse período [de distanciamento social] foi muito importante a comunicação e entender o colaborador para alinhar a estratégia para ser benéfica para a companhia e aquele momento do colaborador. A gente continua com o processo de comunicação e essa troca para desenhar a melhor estratégia no que diz respeito a experiência do funcionário e que muitas vezes passa por esse processo de construir junto, que exercitamos muito na pandemia, e precisamos levar para a realidade da organização.”

Ela ainda destaca: “Apesar de, eventualmente, não termos tanto espaço dentro das organizações, precisamos estar conectados com o que é tendência e o que está sendo discutido para apoiar a transformação do negócio.”

Assim sendo, o futuro do RH lança uma luz ainda mais forte sobre a qualidade de vida do funcionário para o seu desenvolvimento e crescimento profissional, além de fortalecer o employer branding da organização.

Geração Z

À medida que a geração Z começa a assumir as forças de trabalho nos próximos anos, a experiência dos funcionários, técnicas de engajamento, pacotes de benefícios e responsabilidade social ganham destaque entre as tendências de RH.

Mais do que dinheiro, eles querem ter um propósito e oportunidades para crescer dentro de uma empresa que faça a diferença no mundo.

De acordo com um estudo conduzido pela Deloitte, 60% da Geração Z quer apoiar e consumir de empresas que realizam ações positivas para a comunidade e o mundo em geral, bem como aquelas que apoiam seus colaboradores durante os períodos de incerteza.

Nesse contexto, as práticas ESG passam a ser consideradas ao tomar decisões sobre investimentos e aquisições das empresas, bem como no recrutamento e retenção de novos talentos.

Diversidade, equidade e inclusão (DEI)

A diversidade, equidade e inclusão estão entre as tendências de RH mais emergentes

Além de ser um ponto fundamental da governança corporativa, que integra as práticas ESG, a preocupação com a diversidade, equidade e inclusão nas empresas é maior do que uma simples tendência de RH.

Antes de tudo, vamos entender a diferença entre esses três pontos:

  • Diversidade: A presença de diferentes raças, etnias, gêneros, orientação sexual, idades e classes socioeconômicas dentro de um determinado ambiente.
  • Equidade: O ato de garantir que os processos e programas sejam imparciais, justos e forneçam resultados iguais para todos.
  • Inclusão: A prática de garantir que as pessoas tenham uma sensação de pertencimento no local de trabalho. Isso significa que cada funcionário se sente confortável e apoiado pela organização quando se trata de ser autêntico.

Dessa forma, o time de RH precisa atuar junto com as lideranças para garantir um processo inclusivo desde o recrutamento e seleção até na mobilização de ações para incentivar a diversidade dentro da empresa.

De uma maneira geral, um local de trabalho diversificado permite mais ideias para ampliar o público de um produto ou serviço e traz outros pontos de vista para otimizar processos.

Assim, a diversidade de experiências e perspectivas que aumentam o potencial criativo da organização e, consequentemente, auxiliam em uma produção mais efetiva e estratégica.

Automatização de processos com as novas tecnologias

As tecnologias como softwares, inteligência artificial e chatbots para RH chegaram para ajudar os profissionais a serem mais estratégicos e com foco nas pessoas.

Uma vez que a equipe de recursos humanos atua como um elo entre os colaboradores e a organização, frequentemente eles estão sobrecarregados com tarefas e atribuições simples, porém que no acumulado custam boa parte do tempo.

Nesse contexto, a evolução do setor chegou até o RH 4.0 com o objetivo de fazer com que o profissional utilize as mais recentes tecnologias do setor de forma estratégica e inteligente.

Por exemplo, uma das tendências em RH é o apoio das tecnologias digitais para manter a equipe atualizada sem ter que responder às perguntas de cada funcionário.

A Nina, Assistente Virtual da Neotalk, consegue engajar os colaboradores em qualquer lugar do mundo com o tom e voz da sua organização.

A partir de um aplicativo exclusivo, sua equipe consegue tirar dúvidas e acessar documentos importantes, como o demonstrativo de pagamento e plano de benefícios, em apenas um clique.

Invista nas tendências de RH, conheça a Neotalk!

Como forma de contribuir para um RH mais estratégico, diversas empresas têm contado com o apoio das inovações digitais no setor.

As novas tecnologias assumem as tarefas consideradas operacionais e, assim, a gestão de pessoas tem tempo e liberdade para definir processos e ações estratégicas que vão aprimorar a experiência dos clientes internos e externos.

Pensando nisso, criamos uma ajuda techumanizada para te apoiar nas tarefas e tornar a atuação do setor de RH mais dinâmica e com foco nas pessoas.

Com a Neotalk, você conta com o apoio da Nina, uma assistente especializada em gestão de pessoas e o uso de tecnologias digitais para tornar a atuação dos recursos humanos menos operacional.

Além disso, a nossa equipe conta com especialistas em chatbot, inteligência artificial e até linguística, que irão garantir o melhor desempenho e eficiência de uma assistente com o tom de voz, cultura e o jeito de agir e pensar de sua empresa.

Agende um bate papo com a nossa equipe e comece a jornada de transformação do seu RH!

Compartilhe
LOGOTIPO-BRANCO

A nova versão do seu RH

Entre em Contato

Copyright © 2020 NEOTALK. Todos os direitos reservados.